A natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual

A natureza dos Demônios - Agentes da Maldade no Mundo Espiritual

A NATUREZA DOS DEMÔNIOS

AGENTES DA MALDADE NO MUNDO ESPIRITUAL

Os demônios são anjos que acompanharam o “querubim ungido” quando este foi expulso em rebelião contra Deus.

TEXTO BÍBLICO

(Apocalipse 12.7-10).

7- E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão; e batalhavam o dragão e os seus anjos,

8- mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus.

9- E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo e Satanás, que engana todo o mundo;

ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.

10- E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora chegada está a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derribado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite.

DEMONOLOGIA

1 – Definição:  Demonologia é o estudo sistemático dos demônios.terça parte dos anjos que caíram do céu junto a Lúcifer. Quando envolve os estudo de textos bíblicos, é considerada um ramo da Teologia.

ANJOS MAUS

Por extensão, são os que desobedeceram a Deus, não cumprindo suas tarefas. São considerados como hostes do mal, e estão em constante luta contra os filhos de Deus, procurando desviá-los, pervertê-los, enganá-los e destruí-los (Jd 6; Ef 6:12; I Tm 4:1; Jo 10:10). Eles estão divididos em:

1 –  Anjos presos

Consiste de estarem confinados em abismos de trevas e estarem presos por algemas eternas, reservados para o juízo do grande dia. ( II Pd.2:4 e Jd.6 ).

2 – Anjos Libertos

Estão incluídos em todo “principado, potestade, poder e domínio. São normalmente mencionados em conexão com Satanás, seu líder ( Ef.1:21, 6:12; Cl. 2:15; Mt. 24:41; Ap.12:7-9, 9:14; I Co. 6:3 )

3 – Demônios

Aparece três vezes no V.T.( Dt.32:17; Sl.106:37 e Lv.17:7 ). Não são almas dos homens maus. Não são os espíritos desincorporados de uma raça pré-Adâmica (Sl.9:17; Lc.16:26-31; Ap.1:18; Ap.12:7-9 ). Separamos um tópico para apresentar algumas teorias  sobre os Demônios:

Obs.: Demônios Ativos e Operantes no Mundo – “São demônios que, sem serem vistos, agem atualmente. Cegam os ímpios para a verdade do evangelho (2 Co 4.4) e promovem falsas doutrinas (1 Tm 4.1).

Distraem os cristãos, atrapalhando-os no cumprimento dos planos de Deus para o amadurecimento espiritual em suas vidas.” Leia mais em Enciclopédia Popular de Profecia Bíblica, CPAD, p.126.

TEORIAS ACERCA DOS DEMÔNIOS

  1. A alma dos homens perversos que morreram (Gregos).
  2. Espíritos duma raça pré-Adãmica.
  3. Descendência [do intercurso] dos anjos caídos com as mulheres, antes do dilúvio (Ge 6:1-4).
  4. Aqueles anjos que seguiram Satanás na sua queda (posição bíblica).

A maioria dos estudiosos da bíblia acredita que os Demônios sejam anjos caído, decorrente da queda de Lúcifer (Ap 12:4). A bíblia nos informa também que há demônios livres e procuram corpós para se alojarem (Lc 8:29-33). Existem demônios confinados ao juízo eterno (II Pe 2:4; Jud 1:6). Já outros, estão presos temporariamente (Ap 9:14 e Luc 8:28-31).

Obs: “Nesta ocasião [Grande Tribulação], de acordo com Apocalipse 12.7, ‘houve batalha no céu’. Os adversários são Miguel e seus anjos que lutam contra o dragão (Satanás) e seus anjos (demônios).

A batalha é curta e o resultado, indiscutível-Satanás e seus anjos ‘não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus’ (Ap 12.8). Embora este evento ainda seja futuro, o seu acontecimento e resultado são tão certos que são descritos no tempo passado do verbo.

Com resultado desta batalha, Satanás e seus anjos serão lançados à terra, e virão com uma vingança contra a nação de Israel, em um inútil esforço de destruíste e frustrar a promessa que Deus fez a Abraão, de fazer de Israel uma grande nação (Dn 12.1; Ap 12.9-17)” (LAHAYE, Tim; HINDSON, Ed, Enciclopédia Popular de Profecia Bíblica. Rio de Janeiro: CPAD, 2017, p.102).

CARACTERÍSTICAS DOS DEMÔNIOS

1 – Características:

  1. Seres espirituais (Mt 17:18, compare com Mc 9:25).
  2. Conhecem Jesus Cristo (Mc 1:24).
  3. Conhecem o seu próprio fim (Mt 8:29).
  4. Conhecem o plano da salvação (Tg 2:19).
  5. Têm um sistema de doutrina (I Tm 4:1-3).
  6. Imorais, perversos, imundos (I Tm 4:1-3).

2  – Atividades dos Demônios

Em geral:

–  Tentam opor-se à obra de Deus (Ap 16:13-16 e Dn 10:11-14).

–  Estendem a autoridade de Satanás (Ef 6:11,12).

– Demônios podem ser usados por Deus para levar a cabo Seus propósitos   (II Co 12:7; I Tm 1:20; I Co 5:5 e I Sm 16:14).

 – Algumas em particular:

–  Podem infligir doença (Mt 9:33).

– Podem possuir humanos (Mt 4:24).

– Podem possuir animais (Mc 5:13).

–  Espalham falsa doutrina ( I Tm 4:1).

–  Opõem-se ao crescimento espiritual dos filhos de Deus (Ef  6:12).

 3 – Possessão demoníaca

– Definição: Um demônio residindo dentro de uma pessoa, exercendo controle diretamente na mente/corpo dessa pessoa.

–  Resultado: Doença física ou deficiência (Mt  9:32,33), desarranjo/perturbação mental (Mt 17:15).

– Marcas de possessão demoníaca de Marcos 5 (o endemoninhado gadareno):

–  Habitado por um espírito imundo (verso 2).

–  Força física invulgar (verso 3).

–  Ataques de fúria (verso 4).

– Desintegração ou divisão da personalidade  (versos 6 e 7). O endemoninhado correu para Jesus para obter ajuda, contudo gritava de medo.

–  Resistência às coisas espirituais (verso 7).

– Poderes de clarividência (verso 7)

 – sabia imediatamente quem Jesus era.

–  Alteração da voz (verso 9).

– Transportação pelo ocultismo (verso 13) –  os demônios deixaram o homem e entraram nos porcos.

4 – Destino dos demônios

 – Temporariamente alguns estão confinados. Por exemplo, alguns que eram livres durante a vida de Cristo, foram lançados para o abismo (Luc 8:31) e serão libertos para fazerem a sua obra, durante os dias da Tribulação que se avizinha (Ap. 9:1-11 e 16:13-14). Todos os demônios serão lançados com Satanás no Lago de Fogo, para sempre (Mat 25:41 e Apo 20:10).

SATANÁS, SUA ORIGEM, CARÁTER, OBRA E DESTINO

Este ser sobre-humano é mencionado expressamente no velho testamento ( Gn.3:1-15; Jó 1:6-12, 2:1-7; Zc.3:1,2 ). Já no N.T., é mencionado freqüentemente ( Mt. 4:1-11; Lc.18:18,19; Jo.13:2,27; I Pe 5:8; Ap. caps.12,12:1-4, 20:1-3, 7-10).

Portanto, quanto aos anjos maus, a informação definitiva acerca do destino deles é de que terão sua parte no LAGO DE FOGO (Gehenna – Mt.25:41 ). Quando Cristo voltar, os crentes terão parte no julgamento, ou condenação dos anjos maus ( I Co 6:3 ).

1 – Sua existência

  1. Ensinada em sete livros do Velho Testamento e reconhecido por todos os [nove] escritores do Novo Testamento.
  2. Cristo reconheceu e ensinou a existência de Satanás (Mt 13:39; Luc 10:18 e 11:18).

 2 – Sua personalidade (é uma pessoa)

  1. Tem intelecto (Mt 4; II Co 11:3) — cita as Escrituras.
  2. Tem emoções (Ap 12) — ira.

3 –  Sua Natureza

  1. Um ser criado (Ez 28:14,15) — Portanto tem que responder perante seu criador.
  2. Um ser espiritual (Ef 6:11,12).
  3. Foi um Querubim (Ez 28:14).
  4. O ser angelical mais elevado (Ez 28:12).

4 –  Limitações:         

  1. Ele é uma criatura e por conseguinte, não é nem onipotente, nem onipresente nem onisciente.
  2. Pode ser resistido pelos salvos (Tg 4:7).
  3. Deus lhe colocou certas limitações (Jó 1:12).

5 –  Traços da personalidade:

  1. É um assassino (Jo 8:44a).
  2. É um mentiroso (Jo 8:44b).
  3. É um pecador inveterado (I Jo 3:8).
  4. É um acusador (Ap 12:10).
  5. É um adversário (I Pe 5:8).

6 – Nomes principais:

  1. Satanás — adversário (II Co 11:14; Zc 3:1; I Tm e 2:18)
  2. Diabo — caluniador (Mt 4:1).
  3. Serpente — enganador (Ap 12:9).
  4. Lúcifer — portador de luz (Is 14:12).
  5. Maligno (I Jo 5:19).
  6. Dragão (Ap 12:17).
  7. Príncipe deste mundo (Jo 12:31).
  8. O deus deste século (II Co. 4:4).
  9. Acusador dos irmãos (Ap 12:10).
  10. Belzebu — príncipe dos demônios (Mt 12:24).
  11. Belial (II Co 6:15).

7-  Queda de Satanás

  (compare. Ezequiel 28 e Isaías 14)

– Seu pecado (Is 14:5, 12-15) — “EU. . . .”

  1. Eu subirei ao céu (Eu tirarei o lugar a Deus).
  2. Eu exaltarei meu trono acima das estrelas de Deus (acima dos anjos).
  3. Eu me assentarei no monte da congregação na banda dos lados do norte.
  4. Eu subirei acima. . .das nuvens (a glória de Deus).
  5. Eu serei semelhante ao Altíssimo. (Satanás queria ser o possuidor dos céus e da terra.) – O seu pecado foi a soberba (I Tm 3:6) e pode ser caracterizado como o de falsificar Deus (ser semelhante ao Altíssimo) [através do engano, tentar simular e imitar o poder de Deus, para, assim, receber a adoração devida a ele e tentar tomar-Lhe o lugar, tentar ser igual a Deus].

TRADUÇÃO ANOTADA

1  –  Como caíste desde o céu, ó Lúcifer [Ver NOTA], filho da manhã! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! (Is 14:12, tradução KJV)

 NOTA DO TRADUTOR em Isaías 14:12: “Estrela da manhã” não é a melhor tradução, pois é título do nosso Senhor Jesus Cristo em Apo c. 2:28; 22:16. Deve ser adotada a tradução “Lúcifer”, tal como está, por exemplo, em  Bíblias da Reforma tais como a KJV(1611) e a SEV(1596). “Lúcifer”  significa  “portador da luz” ou “transportador da luz”, e bem expressa o sentido de  “1966 llyh heylel”.

“E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. (Isa 14:13).  Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. (Isa 14:14), E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo. (Isa 14:15)

“Não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo. (1Tm 3:6)”

2 – Seu castigo:

  1. Expulso da sua posição original do Céu (Ez 28:16).
  2. No jardim do Éden (Gn 3:14-15).
  3. Na cruz (Jo 12:31).
  4. Confinado no abismo (Ap 20:2).
  5. Lançado para dentro do Lago de Fogo (Ap 20:10).

Observação esses versículos

Na multiplicação do teu comércio encheram o teu interior de violência, e pecaste; por isso te lancei, profanado, do monte de Deus, e te fiz perecer, ó querubim cobridor, do meio das pedras afogueadas. (Ez 28:16).

Então o SENHOR Deus disse à serpente: Porquanto fizeste isto, maldita serás mais que toda a fera, e mais que todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida.

E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. (Gê  3:14,15)

Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo. (Jo  12:31).

E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos; Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus.

E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.

E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite. E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte.

Por isso alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo. E, quando o dragão viu que fora lançado na terra, perseguiu a mulher que dera à luz o filho homem. (Ap 12:7-13)

3 –  Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. (Ap 20:2).

E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. (Ap 20:10).

4 – Seu trabalho é opôr-se a Deus

  1. Tenta opor-se ao plano de Deus em todas as áreas e por todos os meios possíveis.
  2. Tenta falsificar o plano de Deus.
  3. Tentou Cristo (Mt 4:3-11).
  4. Possuiu o corpo de Judas para trair Cristo (Jo 13:27).

5 – Opõem-se aos descrentes

  1. Cega-lhes as mentes ( II Co 4:4).
  2. Rouba-lhes a Palavra dos seus corações (Lc 8:12).
  3. Usa descrentes para se opor ao trabalho de Deus (Ap 2:13).
  4. Reuni-los-á para a batalha do Armagedom (Ap 16:13-16).
  5. Atualmente engana-os (Ap 20:3).

6 – Opõem-se aos crentes

  1. Tenta os crentes para mentirem (At 5:3).
  2. Acusa e calunia os crentes (Ap 12:10).
  3. Pode impedir o trabalho de um salvo ( I Ts 2:18).
  4. Tenta derrotar-nos através de demônios (Ef 6:12).
  5. Tenta-nos para a imoralidade ( I Co 7:5).
  6. Semeia falsificadores entre os crentes (Mt 13:38,39).
  7. Incita perseguição contra os crentes (Ap 2:10).

7 – Como vencer Satanás

  1. Intercessão de Cristo (Hb 7:25; Jo 17:15).
  2. Ter a atitude correta para com Satanás ( I Pe 5:8 e Judas 1:8,9).
  3. Estar vigilante contra Satanás ( I Pe 5:8).
  4. Tomar uma atitude de resistência contra Satanás, mas por vezes devemos fugir (Tg 4:7 e II Tm 2:22).
  5. Usar a armadura espiritual (Ef 6:11-18).

8 – O destino de Satanás

Será lançado no abismo (Tártaro- Ap.20:1-3 ), onde ficará confinado e acorrentado por 1.000 anos. Então será solto por “pouco tempo”, durante o qual tentará frustrar os propósitos de Deus aqui na terra ( Ap.20:7-8 ). E daí, por fim, ele e seus anjos serão lançados no Lago de Fogo ( Mt.5:41; Ap.20:10 e 14 ), seu destino final, onde serão atormentados para todo o sempre.

– Definições para: INFERNO- Lugar destinado ao suplício das almas dos perdidos.

 a – SHEOL – hb, V.T., o mundo dos mortos.( Dt.32:22; II Sm.22:6; Sl.18:5 )

b – HADES – gr, corresponde a Sheol, lugar das almas que partiram deste mundo. ( Mt. 11:23, 16:18; Lc. 16:23; At. 2:27 )

c – GEHENNA – gr, vale de Hinom, um vale de Jerusalém, onde se fazia sacrifícios humanos. Termo usado para designar um lugar de suplício eterno. ( Mt. 5:22, 29-30, 10:28, 18:9, 23:15, 33; Lc  12:5; Tg.3:6; Ap 20:10 e 14 )

d – TARTARO – gr, derivado de Tartaros, o mais profundo abismo do Hades.( I Pd.2:4; Ap.20:3).

 

CONCLUSÃO

“A vitória de nosso Senhor sobre os ataques de Satanás qualificaram-no para ir à cruz. Ali Satanás parecia ter conseguido a sua vitória, evitando o estabelecimento de um reino messiânico, mas, ironicamente, esta vitória de curta duração na realidade destruiu o reino do próprio Satanás.

Na cruz, os pecados da humanidade foram completamente pagos, e a derrota de Satanás foi garantida, embora não seja até o final do Milênio que ele, por fim e permanentemente, seja confinado ao eterno lago de fogo” (LAHAYE, Tim; HINDSON, Ed. Enciclopédia Popular de Profecia Bíblica. Rio de Janeiro: CPAD, 2017, p.412).

Referências

– Bíblia de Estudo Plenitude (ARC)

– A Bíblia de Estudos das profecias. E.R.A.

– Dicionário Online

– Apontamentos Teológico do Autor

– Horton, Stanley, M. Teologia Sistemática, Uma perspectiva Pentecostal. Rio: CPAD. 1996.

– Menzies, William w; Horton Stanley M. Doutrinas Bíblicas – Uma Perspectiva Pentecostal. Rio: CPAD. 1996.

– Pearlman, MYER. Conhecendo as Doutrinas da Bíblia. Flórida. Vida. 2 ed. 1974.23ª Imp. 1996.

Deixe seu comentário
A natureza dos Demônios – Agentes da Maldade no Mundo Espiritual
Tagged on: