Motim em Família

Motim em família

Motim em Família

 Introdução

O que eles fizeram foi uma loucura, como Arão reconheceu ao pedir perdão de Moisés, chamando-o Senhor meu. Mas Miriã foi castigada com a temida doença da lepra. É fácil olhar para trás, ver nossos erros, e reconhecer como fomos tolos.

É bem mais difícil perceber com antecedência a tolice de algo que pretendemos fazer simplesmente porque nos agrada. Devemos eliminar pensamentos e motivos errados a fim de evitar ideias tolas que se convertem em ações tolas. Miriã e Arão tiveram que sofrer porque não o fizeram. R David Jones. http://www.bible-facts.info/comentarios/vt/numeros/AInsubordinacaodeAraoeMiriaCapitulo12.htm

 Texto Bíblico (Números 11.1-7; 12.1-8).

Números 11

V, 1 – E aconteceu que, queixando-se o povo, era mal aos ouvidos do Senhor; porque o Senhor ouviu-o, e a sua ira se acendeu, e o fogo do Senhor ardeu entre eles e consumiu os que estavam na última parte do arraial.

V, 2 – Então o povo clamou a Moisés, e Moisés orou ao Senhor, e o fogo se apagou.

V, 3 – Pelo que chamou aquele lugar Taberá, porquanto o fogo do Senhor se acendera entre eles.

V, 4 – E o vulgo, que estava no meio deles, veio a ter grande desejo; pelo que os filhos de Israel tornaram a chorar e disseram: Quem nos dará carne a comer?

V, 5 – Lembramo-nos dos peixes que, no Egito, comíamos de graça; e dos pepinos, e dos melões, e dos porros, e das cebolas, e dos alhos.

V, 6 – Mas agora a nossa alma se seca; coisa nenhuma há senão este maná diante dos nossos olhos.

V, 7 – E era o maná como semente de coentro, e a sua cor como a cor de bdélio.

(Números 12).

V, 1 – E falaram Miriã e Arão contra Moisés, por causa da mulher cuxita, que tomara; porquanto tinha tomado a mulher cuxita.

V, 2 – E disseram: Porventura, falou o Senhor somente por Moisés? Não falou também por nós? E o Senhor o ouviu.

V, 3 – E era o varão Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra.

V, 4 – E logo o SENHOR disse a Moisés, e a Arão, e a Miriã: Vós três saí à tenda da congregação. E saíram eles três.

V, 5 – Então, o SENHOR desceu na coluna de nuvem e se pôs à porta da tenda; depois, chamou a Arão e a Miriã, e eles saíram ambos.

V, 6 – E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer ou em sonhos falarei com ele.

V, 7 – Não é assim com o meu servo Moisés, que é fiel em toda a minha casa. 

V, 8 – Boca a boca falo com ele, e de vista, e não por figuras; pois, ele vê a semelhança do Senhor; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés?

Os murmuradores de Israel

Número 11:4-15; 16:41-50; 20: 1-13; 21:4-9. Devemos extrair lições importantes sobre o pecado da murmuração, esse sempre foi um dos que mais causaram problemas no meio do povo de Deus. Encontramos nas escrituras exemplos que marcaram os israelitas deixando sequelas até o presente. As murmurações são motivadas por insatisfação que muitas vezes são veladas, com possibilidade de crescer e induzir multidões a se insurgirem contra lideranças e causar grandes estragos. Os murmuradores contagiam outros para se unirem com os mesmos propósitos. Veremos nesse mote o significado, as origens das murmurações dos israelitas, as revoltas geradas pelas murmurações, as consequências na Igreja primitiva, na atualidade, o que causa na Igreja e Deus proíbe o murmúrio.

Artigo Relacionado  O Poder da Evangelização na Família

Seu significado:

Conforme o nosso dicionário português “Aurélio” significa: dizer mal, Maldizer, fazer mau juízo, falar contra alguém, conversar difamando ou desacreditando, criticar. Esse era um dos pecados mais comum entre o povo de Deus. E se você conhece algum fiquem de olho nele, limite seus espaços, porque amanhã criticará você.

A origem das murmurações dos israelitas.

Nm 2.1. A falta de alguns elementos necessários para satisfazerem as suas necessidades básicas como: água, comida, proteção do sol, cansaço, fadiga e frio entre outros. (Nm 11:1). 2.2. Povos estranhos (o vulgo) esse termo refere-se a outros povos que acompanharam os israelitas quando saíram do Egito (Ex 12:38), povos de outros costumes, eles influenciaram negativamente no meio dos israelitas.

Eles acusavam Moisés de maus tratos ao povo e questionavam sobre a alimentação como: carnes, cebolas e pepinos e até sepulcro. (Ex 16:2,3; Nm 11:4-7). 2.3. Insatisfação, os insatisfeitos murmuram, e aonde chegam, surge à murmuração. Aonde chega um murmurador outros murmuradores serão produzidos, cada um deles tem a incumbência de produzir outros, a murmuração é de origem satânica.

As murmurações geram revoltas

Nm 3.1. Os murmuradores angustiaram Moisés a ponto de fazê-lo querer deixar o cargo, ele estava profundamente abatido (Nm 11:11-16); 3.2. Induziram a Miriã e Arão se revoltarem contra o seu próprio irmão (Nm 12:1-8); 3.3. Fizeram os filhos de Coré se revoltar e se rebelarem contra Moisés (Nm 16:1,2); 3.4. Os murmuradores questionavam o governo de Moisés tanto nas questões Civis e-commerce como Religiosas (Nm 16:41-50).

As consequências sobre os murmuradores.

Miriã foi ferida por sua sedição (Nm 12:10).

Arão foi induzido pelos murmuradores a criar um bezerro de ouro, achando que Moisés não desceria mais do Monte Sinai;

Os filhos de Core foram sepultados vivos, a terra se abriu;

Moisés e muitos israelitas foram impedidos entrar em Canaã (Nm 14:26-30);

Os que entram pelo caminho da murmuração sofrerão punição (Nm 11:1; 14:27-29; Sl 106:25).

As Murmurações na Igreja Primitiva

Murmuraram a respeito de Jesus (Jo 7:12);

A Murmuração nos dias da Igreja pelos helenistas (At 6:1);

A Murmuração entre os irmãos que causaram contenda na igreja (I Co 1:12,12; 3:4);

A Murmuração na Igreja de Hoje Atualmente acontecem às mesmas coisas, as murmurações têm causado sérios prejuízos para obra, especialmente para os novos crentes.

Geralmente os murmuradores são desobedientes e desrespeitadores até da própria doutrina de Cristo, em relação a estes nos afastemos deles;

O que causa na Igreja? a) Enfraquecimento espiritual dos crentes b) Enfraquece a propagação do evangelho. c) Induz as pessoas ao erro, porque são dominadas por esse mal. d) Causa divisão, tal qual aconteceram nas igrejas, e Paulo refutou essas pessoas com muita ousadia do Espírito Santo. (I Co 1:10; 10:10); e) Os murmuradores estão em todos os lugares causando insatisfação no povo, fujam deles, não queiram acompanhá-los.

Deus proíbe o murmúrio (I Cor 10:10)

Não murmurar contra Deus (Pv 19:3);

Contra Cristo (Lc 5:30);

Contra o Clérigo ou aquele que pertence à classe eclesiástica, sacerdotes cristãos (Ex 17:3); 6.4. Não é razoável que lamentemos (Lm3:39); 6.5. Esta é uma característica dos maus (Jd 16). As murmurações como já dissemos está em todos os lugares, não há lugar que não exista pelo menos um, isso em qualquer segmento da sociedade, eles criam problemas, são insatisfeito, ou seja, com nada se contentam, seus governos estão sempre errados, somente eles consideram-se perfeitos. Esse é um mal que precisa ser instinto, porque assim como os murmuradores não entraram em Canaã, os que murmuram se prejudicam e prejudicarão outras pessoas, isso trouxe muitos males para a igreja primitiva. Deus proíbe o murmúrio.

Artigo Relacionado  Sobre a Família e a sua natureza

Pr Elis Clementino-Paulista – PE Postado por Estudos |Bíblicos e sermões às 20:11 Marcadores: Sermões 8. http://prelisclementino.blogspot.com/2014/06/os-murmuradores-de-israel.html

A inveja de Miriã e Arão

1 –  Miriã e Arão, que eram irmãos de Moisés, começaram a criticá-lo porque ele havia se casado com uma mulher Etíope.

Claramente a atitude  da mulher foi só um pretexto, porque eles estavam realmente incomodados com o dom profético de Moisés. Só um adendo aqui, alguns estudiosos dizem que a intenção  de chamarem ela de Etíope ou Cuxita era uma declaração racial contra Zípora, cuja pele seria mais escura do que as dos israelitas.

De acordo um  estudos apurado, o que pode ter despertado esse ciúmes nos irmãos de Moisés, é que Zípora pediu ajuda a Jetro, sogro de Moisés e pai dela, quando ela percebeu que o fardo que seu marido carregava era muito pesado. E Jetro o aconselhou a escolher outros para compartilhar com ele as responsabilidades da liderança. Quando Moisés seguiu esse conselho sem consultar Miriã e Arão, eles ficaram com inveja e culparam Zípora. Isso eu li no site Reavivados Por Sua Palavra, e fez sentido para mim, por isso decidi compartilhar com vocês!!

2 – Quando Começou A Desgraça

A partir daí Miriã e Arão começaram a pensar coisas como: Será que o Senhor fala apenas por meio de Moisés? Será que Ele não fala através de nós também?! …E o Senhor ouviu isso. Eu não sei se eles falavam isso diretamente para Moisés, ou se comentavam isso com ele… Mas a Bíblia fala que ele era um homem muito paciente, mais do que qualquer outro que havia na terra, isso está lá no versículo 3. Então aparentemente, ele ficou sabendo dessa reclamação dos dois, mas não se incomodou muito. O episódio  reforça a mudança de caráter de Moisés, que de assassino, agora ele era visto como referência de mansidão.

3 – Deus  Tomou Providencias Mesmo Assim

Mesmo com Moisés não se afetando, Deus ficou bravo com a situação. Ele então mandou que Moisés, Arão e Miriã se dirigiressem até à Tenda do Encontro. E eles foram. Então o Senhor desceu numa coluna de nuvem, e se colocando à frente da entrada da Tenda, chamou Arão e Miriã, e falou para eles que quando no meio deles há um profeta do Senhor, à ele o Senhor se revela em visões e em sonhos fala com ele.

Mas que com Moisés não é assim… Moisés, que é fiel com toda a Sua casa. Com Moisés Ele fala face a face, claramente, e não por enigmas. Ele vê a forma do Senhor. Lá no versículo 8 ele questionou Arão e Miriã: “Por que não temeram criticar meu servo Moisés?” E aí a Ira do Senhor acendeu contra eles, e Ele os deixou. Quando a nuvem se afastou, Miriã estava leprosa, a bíblia diz que sua aparência era como a de neve.

OBS: A INVEJA CAUSA A REBELIÃO – “Os irmãos de José tiveram inveja do favor de seu pai Jacó, e cobiçavam o papel de filho favorito. Certo ou errado, Jacó escolheu José para um lugar especial na família. Deus, por sua presciência, deu sonhos a José, que estava sendo preparado, sem saber, para sofrimentos e triunfos futuros. A inveja é geralmente baseada no temor — medo de perder algo. A inveja é sempre uma emoção egoísta.

Artigo Relacionado  Ídolos na Família

Deus deu sonhos a José, e então seus irmãos perderam o prestígio. Quando Jacó presenteou José com uma túnica multicolorida, o orgulho e a autoestima dos irmãos foram feridos, produzindo a necessidade de retaliação. Muitos dos nossos problemas são resultado direto de um coração invejoso. Devemos nos observar cuidadosamente” (DORTH, Richard W. Orgulho Fatal. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 1996, pp.68,69,75).

A Mansidão de Moisés

1 – Arão, percebendo o que estava acontecendo, foi até Moisés e pediu que Ele não os castigasse pelo pecado tão tolo que cometeram.

Então Moisés pediu ao Senhor que por misericórdia lhe concedesse a cura. Deus então responde a Moisés que se o pai dela lhe tivesse cuspido no rosto, ela ficaria envergonhada por sete dias. Então ela deveria ficar isolada do acampamento por 7 dias e depois seria trazida de volta. O acampamento então não partiu enquanto ela cumpria essa pena. Depois disso, partiram de Hazerote e acamparam no deserto de Parã. Ao que tudo indica, ela havia sido curada da lepra imediatamente, e os 7 dias que ela ficou afastada, era o tempo de purificação para que ela pudesse retornar.

2 – “Moisés era um homem muito manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra”.

Se foi ele mesmo que escreveu isso, ele expressa um sentimento que nós também sentimos muitas vezes quando suportamos ofensas dos outros! Mas sabemos que o Espírito Santo inspirava Moisés quando escrevia a Sua Palavra, portanto é a expressão da verdade. Mansidão não é fraqueza, ao contrário, ela consiste em uma índole calma, pacífica, que não se deixa provocar facilmente (Tiago 3:13). Existem promessas especiais para os mansos (Mateus 5:5, Isaías 66:2), e essa qualidade deve ser cultivada em nós (Colossenses 3:12, 1 Timóteo 6:11, Sofonias 2:3), exemplificada em Cristo (Mateus 11:29). Ser manso é, afinal de contas, ser obediente a Deus e fazer a Sua vontade.

3 – Por que apenas Miriã sofreu uma Consequência?

Muitos de vocês devem estar se perguntando: Mas por que apenas Miriã sofre uma consequência? No texto original, o verbo “Falaram” na verdade está no feminino e no singular. Percebemos no texto, que de forma poética, o nome de Miriã vem antes de Arão, o que indica que Miriã foi a instigadora da crítica contra Moisés. Por isso ela quem arcou com a consequência. Talvez o fato dela ficar com a pele como neve, pode estar relacionado com ela desprezar a pele escura de Zípora. Isso é uma suposição, obviamente. De qualquer forma, já discorremos sobre o quão errados os dois estão. Não vamos ficar batendo na mesma tecla por mais tempo. https://gustavopepineli.com.br/estudo-de-numeros-12-a-inveja-de-miria-e-arao/

Conclusão

Portanto, se você estiver de alguma forma, enfrentando algum tipo de situação como essa, sentindo algum tipo de inveja, busque refletir sobre a real questão, ao invés de atacar alguém para tentar minimiza-lo, ou engrandecer a si mesmo. P

rocure resolver esses pontos internamente, para não tomar nenhuma atitude impensada como eles fizeram. E veja também se isso não está acontecendo com você também, digo, se você não está sendo atacado por alguém que não soube trabalhar suas questões, e tentou te diminuir. Lembre-se que essas pessoas podem ter dificuldade de resolver suas questões e por isso decidem te atacar. https://gustavopepineli.com.br/estudo-de-numeros-12-a-inveja-de-miria-e-arao/.

Sobre

Categorias

Categorias

Extras

No Portal você encontrará Comentários da EBD, Resumo de Livros e Esboços para Sermões

Subsídios para EBD
Sermões Bíblicos
Resumo de Livros

Dicas de Leitura
Subsídio para Missão

Aprenda Mais

Copyright © 2023 CTEC Vida Cristã. Todos os direitos reservados.