Gogue e Magogue – um Dia de Juízo

Gogue e Magogue - Um dia de Juízo

Gogue e Magogue – Um dia de Juízo

A linhagem da promessa é traçada através de Sem. Abraão, Davi e Jesus são descendentes de Sem. Jafé e Cam, por sua vez, eram antepassados de muitas nações ímpias, conhecidas  geralmente como gentios. Essas informações esclarecem para nós a simbologia de Ezequiel 38 e 39. Os exércitos de Gogue de Magogue representam os inimigos do povo de Deus tentando derrubar Israel restaurado.

Texto Bíblico (Ezequiel 38.1-6; 39.1-10).

Dispersão e Regresso de Israel

Dispersão em agosto de 586 a.C. Nabucodonozor, rei da Babilônia, destruiu Jerusalém e o templo com fogo e exilou o povo na Babilônia, lembrando que o mesmo já havia levado uma boa parte dos judeus cativos. II Rs 24.20: 25.21: Jr 32.24. A partir dessa data (586) é que se contam os setenta anos de cativeiro de Israel na Babilônia.

  • REGRESSO – O retorno se deu pelo edito de Ciro (Ez 1.1-4) e Artaxexes (Ed 7) e foi considerado os setenta anos só depois da construção e dedicação do templo em 516 a.C.

– Segundo alguns estudiosos este acontecimento tem alguma relação com as setenta semanas de Daniel (Dn 9.24). Pois ainda veem um cumprimento parcial pelo estabelecimento do estado moderno de Israel, em 1948. Sendo assim, nesse âmbito a profecia terá finalmente o seu cumprimento no reino milenário.

  • Duas Reuniões importantes na Terra de Israel

1 – A primeira.

– Diz respeito ao sentimento de volta ao lar que tiveram todos os israelitas dispersos pelas nações. Esse sentimento se tornou forte com o movimento sionista iniciado em 1897 por Teodoro Herzl pouco a pouco, sistematicamente o povo começou a voltar. Não era simplesmente um sentimento de homem ou de um povo, e, sim, um impulso do Espírito de Deus na mente e no coração de cada judeu disperso, cumprimento da palavra de Deus (Jr 24.6; Ez 36.24-28). Em 1948, Israel já estava bem instalado na Palestina e a sua proclamação pela ONU como estado foi o clímax da efetivação da promessa divina quanto ao seu retorno.

Artigo Relacionado  A necessidade do Novo Nascimento

2 – A segunda.

Acontecerá no futuro próximo por ocasião da “angustia de Jacó”, conhecida como a grande tribulação (Ap 16.12-21). Esse evento será terrível para Israel e estará mobilizado para a grande batalha do Armagedom. Os governantes da terra estarão todos reunidos com seus exércitos e armas destrutivas para o maior combate do cenário da história humana, já registrado. Talvez seja a terceira guerra mundial, haja vista que se acontecer pelo domínio do próprio homem, não sobrará ninguém nem que seja pra contar a história, devido à evolução científica e tecnológica, mas nesse dia Cristo assumirá o comando e lutará por Israel.

OBS: ARGUMENTO TEOLÓGICO – Magogue: “Um descendente de Jafé (Gn 10.2; 1 Cr 1.5). De acordo com Ezequiel 38.2, um povo cujo território será futuramente governado por Gogue (q.v.). Em 38.2, lê-se literalmente: ‘Firma bem a tua face contra Gogue, contra a terra de Magogue […]’. […] Gogue liderará uma horda do norte em uma invasão contra Israel (Ez 38.8-12), mas o Senhor fará com que os seus exércitos retrocedam, e enviará uma saraiva de fogo na terra de Magogue e nas áreas ao redor dela (39.6)” (Dicionário Bíblico Wycliffe. Rio de Janeiro: CPAD, 2017, p. 1200).

A destruição progressiva do povo do Norte

 1 – Os textos de Ezequiel 38-39 e Jl 2.20

– Tratam a respeito da profecia bíblica sobre um bloco de nações ao norte de Israel. Por causa das etnias dos povos que habitam aquela região vários nomes geográficos podem ser identificados. Magogue, Meseque, e Tubal – Regiões ocupadas pelos antigos citas e tártaros, as quais hoje correspondem à Rússia. O nome Meseque converteu-se em Moscou mou Moskua. (Ez 38.2,3)

  • TUBAL – É moderna cidade Rússia de tobolsk em (Ez 38.2) Temos a palavra “chefe” tradução do termo rosh, dando idéia do nome Rússia.
  • NAS NAÇÕES ALIADAS – Gômer, Togarma, (Ez 38.6) Gômer veio a ser Germânia (atual Alemanha) e Togarma corresponde a Armênia e a Turquia. Em (Ez 38.5).
Artigo Relacionado  O Novo Homem em Cristo Jesus

– Destacam-se os Persas, os Etíopes e Pute. Hoje os Persas são o Irã, Os Etíopes a Etiópia e, Pute a Libia.

2 – Queda e Ressurgimento da Confederação do Norte.

– É bom entendermos que a queda da antiga união Soviética não significa que a profecia tenha perdida a validade. Na verdade essa potencia mundial está se levantando e mostrando sua força, quando se esforça para participar das conversações de paz entre Israel e os países árabes, as quais ela sempre apoiou. Ela perdeu o seu poder sobre o aludido bloco das nações, e alguns estudiosos interpretam essa queda como algo para acontecer em plenitude no futuro. Parte dessa profecia já começou a ter o seu cumprimento porque a Rússia caiu como potência econômica.

3 – A Confederação do Norte Combaterá a Besta na Grande Tribulação.

Segundo a profecia estudada, o líder de Gogue, colocará seus exércitos contra a autoridade da besta, ou seja, o anticristo (EZ 38.2-6). Gogue chefe da terra invadirá a terra de Israel nos últimos dias (EZ 38.8-16) – provavelmente no período da grande tribulação. Os motivos principais para a invasão do “rei do Norte” estão expostos em (Ez 38.11,12). A ideia de “tomar o despojo e arrebatar a presa” não é difícil entender pelo fato de a antiga União Soviética ter perdido seus principais intelectuais e cientistas (na maioria judeus), os quais retornaram para Israel.

Diz a bíblia que esse invasor será destruído pela intervenção nação divina (Ez 38.20). Nos montes de Israel (EZ 39.4). Não tem nada a ver com a batalha do Armagedom e a guerra no inicio da “semana profética” de Daniel (Dn9. 27). A batalha do Armagedom se dará no final da “semana” e o seu líder será o anticristo (Zc 12.3).

OBS: ARGUMENTO TEOLÓGICO – “Gogue é o rei da terra de Magogue e o principal governante de Meseque e Tubal. Em Gn 10.2, Magogue, Meseque e Tubal são os nomes dos filhos de Jafé. Por conseguinte, a batalha futura aqui descrita será travada por um descendente de Jafé. Gogue também pode ser um nome representativo da iniquidade e da oposição a Deus (ver Ap 20.7-9). Esses países localizam-se, possivelmente, ao extremo norte de Israel (vv. 6.15; 39.2). Serão apoiados por exércitos vindos do Leste e do Sul (v.5). É difícil determinar a ocasião dessa batalha, mas evidentemente não se trata da mesma batalha de Gogue e Magogue, de Ap 20.7-9, que ocorrerá no fim do milênio” (Comentário Bíblico Beacon: Isaías a Daniel. Vol. 4. Rio de Janeiro: CPAD, 2014, p. 476). A descrição profética aparece indicar um título, como ‘Faraó’, no Egito; ‘Xá’, na antiga Pérsia; ‘César’, em Roma, e não o nome pessoal de alguém.”

Artigo Relacionado  Cristo é superior a Arão e à Ordem Levítica

 Ressugirmento do Antigo Império Romano

Textos Dn 2.33,34, 44; 9.24-27; 7.7,8 24,25; Ap 13.3,7, 17; 12,13. Relativos à profecia sobre uma confederação de nações formadas na área geográfica do antigo império Romano.

1 – O Sentido Duplo da Interpretação.

– Essa profecia, numa parte refere-se literalmente aquelas nações adjacentes ao mediterrâneo, as quais formavam o núcleo do império romano e, na outra parte, figuradamente referem-se apenas as características daquele império. Tal como existiu o Império Romano, também, se levantará um da mesma forma dentro da realidade atual.

2- A União europeia, Uma Sombra do Antigo Império Romano.

– Especula-se muito sobre a atual União Europeia como um retrato dessa confederação profetizada. Não temos base consistente na bíblia para afirmar positivamente. Mas não podemos evitar o fato de que as características dessa confederação profetizada (Dn 2.33,34, 44). Conferem com a profecia de Daniel. É perigo fazer suposições e estabelece-as como fatos. Por isso, o aconselhável é ficarmos dentro, dos limites impostos pela profecia bíblica. Até porque a evidência dos sinais da vinda do Senhor e Salvador JESUS CRISTO em nossos dias é fortalecida pela certeza profética e do seu cumprimento.

3 – Sem Dúvida, Israel é a Figueira Brotando.

– E disse-lhe uma parábola: “Olha para a figueira e para todas as árvores. Quando já começam a brotar, vós sabeis por vós mesmos, vendo-as, que perto está o verão” Lc 21.27,30.

Conclusão

Embora a existência de uma variedade de interpretações acerca de Gogue e Magogue, mas o importante é que todas elas concordam que nessa batalha Satanás será condenado eternamente no lago de fogo e enxofre, e de dia e de noite, juntamente com seus aliados, será atormentado.

Sobre

Categorias

Categorias

Extras

No Portal você encontrará Comentários da EBD, Resumo de Livros e Esboços para Sermões

Subsídios para EBD
Sermões Bíblicos
Resumo de Livros

Dicas de Leitura
Subsídio para Missão

Aprenda Mais

Copyright © 2023 CTEC Vida Cristã. Todos os direitos reservados.